Turismo gera 37,6 mil empregos na PB
19 de março de 2024
Redação

Além de proporcionar memoráveis experiências para quem visita a Paraíba, do litoral ao alto sertão, a atividade turística do estado também tem se destacado positivamente quando o assunto é a geração de oportunidades e desenvolvimento econômico. É o que indica boletim técnico elaborado pela Usina de Dados do Sebrae/PB, ao constatar, nos últimos seis anos, um crescimento de 73,5% do número de empresas formais ativas no estado que possuem relação com o setor.

Ainda de acordo com a Usina de Dados do Sebrae/PB, que é um ecossistema de criação e divulgação de informações inteligentes, em 2019 o estado contava 38.708 empresas formais ativas que possuíam relação com o setor de turismo, número que em 2024 passou a ser de 67.195 nos primeiros meses do ano. Desse total, ainda conforme o boletim, divulgado no mês de março, a maior parte dessas empresas, 80%, pertencem ao setor de serviços.

Por sua vez, 9% fazem parte do comércio, 8% da construção e outros 5% estão inseridas no setor da indústria. Outro dado importante destaca o nível de maturidade empresarial desses negócios, aferido a partir de seu tempo de mercado. Segundo os números, a maior parte das empresas (41%) ainda está em estágio inicial, ou seja, possui um tempo de abertura entre três anos e três anos e meio.

Em seguida, aparecem as empresas consideradas estabelecidas (30%), cujo tempo de abertura varia entre três anos e meio e nove anos. Já as empresas classificadas como super estabelecidas, que respondem por 25% do total em 2024, estão ativas há 10 anos ou mais. Por fim, representando 4% do total, estão as empresas nascentes, ou seja, que possuem menos de três anos de abertura.

Geração de empregos – Além de contribuir com o fomento ao empreendedorismo, consequentemente a atividade turística na Paraíba também tem impacto direto na geração de empregos formais. De acordo com o boletim técnico do Sebrae/PB, em 2023 o estado contava com 37.645 empregos formais nas empresas que atendem ao turismo. Ainda conforme os dados, esse número corresponde a 5,24% do total de empregos gerados no estado no respectivo período.

Na avaliação da gerente da Unidade de Gestão Estratégica e Monitoramento do Sebrae/PB, Ivani Costa, os dados demonstram o impacto positivo do turismo na economia do estado. “O aumento do número de empresas ativas e de empregos formalizados indica um crescimento na atividade econômica relacionada ao turismo, o que pode resultar em diversos impactos positivos, como novos estímulos e diversificação da economia local, atração de investimentos e melhoria da infraestrutura”, explicou a gerente, ao destacar as oportunidades que se abrem na economia local com o crescimento do setor no estado.

Compartilhe: