Shell vai trocar 1.000 postos por pontos de carregamento elétrico
10 de abril de 2024
Redação

A gigante petrolífera Shell divulgou seu compromisso de eliminar suas emissões de carbono até 2050.
Como parte desse esforço, a empresa planeja fechar 1.000 postos de combustível até o final de 2025, substituindo-os por pontos de carregamento para veículos elétricos.Wael Sawan, CEO da Shell, expressou otimismo em relação ao progresso na transição energética e enfatizou a importância de enfrentar as mudanças climáticas.

O plano da Shell inclui praticamente quadruplicar o número de eletropostos em todo o mundo, com ênfase na China e na Europa. A meta é alcançar 70 mil estações de recarga até o final de 2024 e 200 mil pontos até o ano seguinte.

A empresa concentrará suas instalações em carregadores públicos, visando oferecer opções mais rápidas de recarga para os clientes. Cerca de 500 postos de combustível serão fechados anualmente para essa transição, representando aproximadamente 8% de todos os locais da marca.

A Shell já inaugurou o maior posto de carregamento de veículos eletrificados em parceria com a BYD, localizado próximo ao aeroporto de Shenzhen, na China.

No Brasil, a Shell planeja construir 35 estações de recarga até 2023, com carregadores de 50 kW e 150 kW, após a inauguração do primeiro eletroposto no país.

Compartilhe: