Salão do Artesanato da Paraíba começa na próxima quinta-feira
5 de junho de 2023
Redação

No ano em que O Maior São João do Mundo completa quatro décadas de história, o Sebrae/PB e o Governo do Estado iniciam, na próxima quinta-feira (8), uma edição histórica do Salão do Artesanato Paraibano. Os detalhes do evento, que esse ano tem como tema “Tudo Vira Arte na Feira de Campina”, foram apresentados à imprensa nesta segunda-feira (5), durante entrevista coletiva concedida pelos organizadores do Salão.  

A apresentação ocorreu no local do evento, cuja estrutura, com mais de quatro mil metros quadrados, está na reta final de montagem e ornamentação. Ao todo, participarão do evento cerca de 500 artesãos, de todas as regiões da Paraíba, que apresentarão ao público a riqueza a diversidade do artesanato paraibano.  

Conforme destaca o gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas do Sebrae/PB, Luciano Holanda, a realização do Salão do Artesanato é uma espécie de culminância de todo o trabalho que a instituição, com o apoio de diversos parceiros, realiza ao longo do ano com os artesãos paraibanos, incentivando a capacitação, o aperfeiçoamento de técnicas e a participação em eventos do segmento em todo o país.  

“O Sebrae e o Governo do Estado compartilham há vários anos essa iniciativa de realizar os salões de artesanato. Então, chegamos nessa 36ª edição com a expectativa de gerar mais de R$ 1 milhão em negócios. Além dessa perspectiva de geração de oportunidades, também vamos apresentar o artesanato paraibano aos turistas que visitarão a edição de 40 anos do São João. Para que isso aconteça, esse não é um trabalho que a gente promove faltando apenas algumas semanas para a abertura do Salão, mas que é resultado de diversas ações de capacitação e networking que realizamos de forma permanente”, explicou Luciano Holanda. 

Por sua vez, o gerente regional do Sebrae/PB em Campina Grande, João Alberto Miranda, afirmou que a promoção do Salão do Artesanato durante o período de realização dos festejos juninos, especialmente nessa comemoração de 40 anos, é um reconhecimento do potencial da economia criativa no município, que detém o título de Cidade Criativa da Unesco.

Já a secretária de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba, Rosália Lucas, que também integra o Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Sebrae/PB, destacou a visibilidade e as oportunidades geradas pelo evento. “O Salão está localizado em um espaço estratégico, na porta de entrada de Campina Grande, na Avenida Brasília, que é uma das melhores localizações de todas as edições. Além disso, estamos homenageando a nossa Feira Central, que é arte pura. Então, essa é uma oportunidade para o turista conhecer a nossa arte através do olhar do artesanato. Esse é um espaço dedicado à arte, cultura e para fazer negócios”, enfatizou.  

Também sobre o Salão, a primeira-dama do estado e presidente de honra do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), Ana Maria Lins, lembrou que o evento não só proporciona a geração imediata de negócios, como também oferece a possibilidade de encomendas e acordos gerados após a sua realização.

Sobre o evento – Com abertura ao público prevista para as 15h desta quinta-feira (8), o 36º Salão do Artesanato Paraibano vai ocorrer até o dia dois de julho. A entrada é gratuita e os visitantes, caso desejem, também podem doar um quilo de alimento não perecível, que posteriormente serão entregues para instituições filantrópicas. O funcionamento diário do evento será das 15h às 22h.   

Compartilhe: