Preços de gasolina cai -3,26% na quarta semana de maio
30 de maio de 2023
Redação

O preço do litro da gasolina nos postos no Brasil apresentou uma redução de 3,26% na semana passada (22 a 28 de maio) em comparação com a semana anterior (15 a 21 de maio), com valor médio de R$ 5,463 — redução de R$ 0,184 por litro. As informações constam do levantamento exclusivo feito pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas, com base em transações realizadas em mais de 25 mil estabelecimentos credenciados em todos os estados do Brasil.  

“Na última semana, o preço da gasolina caiu pela terceira semana consecutiva, como consequência da redução do preço do etanol anidro nas usinas produtoras e, principalmente, como reflexo da queda do preço da gasolina nas refinarias”, diz Brendon Rodrigues, Head de inovação e portfólio na ValeCard. “Nas próximas semanas, os consumidores poderão lidar com uma variação nos preços, pois a partir de 1º de junho haverá um aumento no valor do ICMS sobre a gasolina e o etanol”. 

Segundo o indicador CEPEA/ESALQ, o preço do etanol anidro, que compõe 27% da gasolina comum vendida no Brasil, nas usinas produtoras de São Paulo caiu 13,58% desde o dia 1º de maio. Por sua vez, como uma primeira medida da nova política de preços da Petrobras, em 16 de maio a empresa anunciou a redução de R$ 0,40, ou 12,6%, no preço do litro de gasolina nas refinarias.  

RS tem a gasolina mais barata do país; 26 das 27 unidades federativas registram queda  

Os dados da quarta semana de maio de 2023 mostram que os estados que registraram maior queda no preço da gasolina foram Acre (-5,51%), Mato Grosso (-4,28) e Amazonas (-4,21%). Em contrapartida, Amapá (0,10%) foi o único estado que registrou alta de preços. 

Considerados os preços médios praticados nos estados, o maior valor foi registrado no Roraima (R$ 6,640); já o menor valor médio foi de R$ 5,159, no Rio Grande do Sul. 

Gasolina – Preço médio por Estado (R$) 
 Estado 22 a 28 de maio de 2023 15 a 21 de maio de 2023 Variação (R$) Variação (percentual) 
AC R$ 6,319 6,687  -0,368  -5,51% 
AL R$ 5,923  6,042  -0,116  -1,92% 
AM R$ 6,387  6,668  -0,281  -4,21% 
AP R$ 5,600  5,573   0,006  0,10% 
BA R$ 5,534  5,628  -0,095  -1,68% 
CE R$ 5,876  6,045  -0,170  -2,81% 
DF R$ 5,330  5,533  -0,203  -3,67% 
ES R$ 5,641  5,854  -0,211  -3,60% 
GO R$ 5,333  5,540  -0,207  -3,73% 
MA R$ 5,519  5,708  -0,185  -3,24% 
MG R$ 5,317  5,502  -0,187  -3,39% 
MS R$ 5,309  5,431  -0,126  -2,32% 
MT R$ 5,643  5,893  -0,252  -4,28% 
PA R$ 5,773  5,949  -0,172  -2,89% 
PB R$ 5,215  5,374  -0,161  -2,99% 
PE R$ 5,357  5,555  -0,193  -3,47% 
PI R$ 5,536  5,740  -0,219  -3,81% 
PR R$ 5,459  5,652  -0,196  -3,46% 
RJ R$ 5,477  5,662  -0,185  -3,27% 
RN R$ 5,520  5,686  -0,164  -2,88% 
RO R$ 5,771  5,940  -0,169  -2,85% 
RR R$ 6,640  6,708  -0,066  -0,98% 
RS R$ 5,159  5,311  -0,153  -2,88% 
SC R$ 5,435  5,627  -0,201  -3,56% 
SE R$ 5,475  5,596  -0,121  -2,17% 
SP R$ 5,250  5,400  -0,152  -2,82% 
TO R$ 5,881  6,007 -0,131  -2,18% 
Brasil R$ 5,463  5,647 -0,184 -3,25% 
Compartilhe: