‘Opera Paraíba’ faz 90 cirurgias, em São Bento
12 de abril de 2024
Redação

O Programa Opera Paraíba está em plena atividade, a partir desta sexta-feira (12), no Hospital Dr. Jarques Lúcio da Silva, em São Bento, realizando um total de 90 cirurgias gerais, que se prolongarão até o domingo (14). Desde dezembro de 2023, o Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde e da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), publicou uma Resolução aprovando a mudança de Gestão Municipal para Gestão Dupla, com a finalidade de possibilitar a execução de procedimentos cirúrgicos na unidade hospitalar, por meio do Programa Opera Paraíba, ação que facilita o acesso da população a um procedimento cirúrgico.

Giula Darllen, diretora-geral do Hospital, ressaltou a importância dessa ação para a saúde pública no estado. “Estamos empenhados em oferecer assistência médica de excelência à população paraibana. As 90 cirurgias que serão realizadas nesses três dias contemplam procedimentos como hérnia e histerectomia e demonstram nosso compromisso em atender às necessidades dos paraibanos”, afirmou Darllen.

Segundo a secretária municipal de Saúde de São Bento, Maria de Fátima Almeida, o Programa Opera Paraíba tem sido uma ferramenta fundamental na redução das filas de espera por cirurgias eletivas, garantindo um atendimento mais ágil e eficiente aos pacientes. “A realização dessas cirurgias gerais é mais um passo na direção certa para fortalecer o sistema de saúde do estado e melhorar a qualidade de vida da população, através de uma gestão compartilhada. É uma honra fazer parte do Opera Paraíba e mostrar que o Hospital Dr. Jarques Lúcio da Silva tem estrutura e capacidade de receber, em um final de semana, um número significativo se cirurgias de maior complexidade como as 90 cirurgias gerais que serão realizadas”, explica.

O programa Opera Paraíba vem mudando a vida de pessoas como Eliane Sobreira de Sousa, de 44 anos, mãe, agricultora, moradora do sítio na cidade de Aparecida. Ela conta que, devido ao problema no útero, um mioma e policistos, não aguenta mais trabalhar. “Esse ano eu nem plantei! Tive um sangramento forte que me fez procurar o serviço de saúde no meu município e deu tudo certo para fazer a cirurgia. A expectativa é voltar à minha vida de sempre, é trabalhar e seguir a vida como era antes, feliz”.

Maria Anelli Arnold Pereira, de 50 anos, mãe de um casal, professora, moradora da cidade de São Francisco conta que vai fazer a cirurgia de histerectomia porque já não aguentava mais as crises hemorrágica e a cólica forte. “Eu já tinha ouvido falar do programa Opera Paraíba, mas não tinha buscado antes, não acreditava até ser contemplada. E quando a gente chega no hospital, que vê que é bem acolhido, que tudo é preparado com carinho, a gente se sente até mais segura”.

Para participar do Programa Opera Paraíba e ter acesso às cirurgias eletivas, os interessados podem se cadastrar por meio das Secretarias Municipais de Saúde de suas cidades ou diretamente pelo site operaparaiba.pb.gov.br, inserindo os exames e encaminhamentos necessários.

Desde sua criação, em 2019, pelo Governo do Estado, o programa tem sido uma ferramenta fundamental para facilitar o acesso da população paraibana a mais de 80 procedimentos cirúrgicos de baixa, média e alta complexidade, reduzindo significativamente o tempo de espera por um procedimento e melhorando a qualidade de vida dos pacientes em todas as regiões do estado. Com mais de 100 mil cirurgias realizadas em diversas cidades do interior, o Opera Paraíba continua a desempenhar um papel importante na saúde pública da Paraíba.

Compartilhe: