Fundac prepara sócios educandos para ano letivo
14 de fevereiro de 2024
Redação

O ano letivo no sistema socioeducativo terá início nesta quinta-feira (15) e a expectativa para este ano é dar uma maior ênfase na educação socioemocional, direcionando esforços para fortalecer as habilidades emocionais e sociais, preparando os alunos não apenas para a academia, mas também para os desafios da vida, por meio de atividades curriculares e extracurriculares.
 
Para alinhar esses objetivos educacionais, definir metas e identificar prioridades para o ano letivo, a Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) e a Escola Cidadã Integral Almirante Saldanha deu início à jornada pedagógica, que aconteceu na tarde da quinta-feira (8), na Escola de Ensino Público do Estado da Paraíba (Espep), e reuniu mais de 100 profissionais da educação que exercem suas funções nos Centros Socioeducativos localizados em João Pessoa.
 
A jornada é uma ação conjunta da Escola Cidadã Integral Socioeducativa com a Fundac, por meio do setor de Educação, e visa organizar o calendário escolar, determinando os períodos de aulas, avaliações, atividades extracurriculares e eventos especiais. Isso contribui para uma gestão eficiente do tempo e recursos. 


Para o presidente da Fundac, Flavio Moreira, a ação conjunta entre a Fundação e a Escola é crucial para proporcionar um ambiente educacional eficaz, capaz de promover o desenvolvimento integral dos jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. “A integração Escola/Fundac é um dos principais fatores pela ausência de crise há um ano e oito meses na socioeducação. Mérito compartilhado com cada um que faz a Educação dentro do sistema socioeducativo”, disse. 
 
Flavio aproveitou ainda a oportunidade para dar as boas-vindas a todos que fazem a educação nas unidades socioeducativas da Fundac. “Sei que a missão de vocês não é uma tarefa fácil, mas é algo que a equipe já vem desempenhando com louvor. Esse processo não pode parar e precisa continuar de maneira cada vez mais eficiente”, reconheceu o presidente da Fundac.
 
A jornada pedagógica contou ainda com a participação da coordenadora do setor de Educação da Fundac, Aryanne Rodrigues; do diretor da ECIS, Diego Sanches, e do professor Rafael Ferreira de Souza Honorato (CCHE/PROFEI/UEPB), que, na ocasião, ministrou a palestra “Desenvolvimento curricular para adolescentes e jovens em privação de liberdade: conversas complicadas com a política de educação integral” para os que fazem a Escola dentro do sistema jsocioeducativo.

Compartilhe: