Empreendedores têm linha de crédito exclusiva
5 de março de 2024
Redação

Os empreendedores da Paraíba terão mais um reforço para organizar as finanças, adquirir equipamentos ou até mesmo expandir o negócio. Na quinta-feira (29), foi lançada uma linha de crédito exclusiva, por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (FAMPE), para os empresários paraibanos, por meio de uma parceria entre o Sebrae/PB, Associação Comercial da Paraíba (ACPB) e Caixa.

As operações de crédito vão atender desde Microempreendedores Individuais (MEI), até Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP), desde que os empreendedores estejam vinculados à Associação Comercial da Paraíba. O objetivo é fomentar o empreendedorismo, proporcionando soluções bancárias diferenciadas, para os pequenos negócios.

Ao aderir ao programa de crédito, o empreendedor terá uma consultoria gratuita do Sebrae/PB para poder gerenciar os recursos adquiridos da melhor forma e, assim, poder expandir o seu negócio. “O Sebrae entra nessa parceria garantindo o crédito através do FAMPE e vai fazer também o pós-crédito, que são as capacitações e orientações que darão mais segurança aos empreendedores para que eles possam crescer com sustentabilidade”, destacou o diretor técnico do Sebrae/PB, Lucélio Cartaxo.

Por sua vez, a presidente da ACPB, Melca Farias, reforçou a importância da parceria entre as instituições em prol do desenvolvimento da economia local, sobretudo para os pequenos negócios. “É uma linha exclusiva para os nossos associados. Agradeço ao Sebrae, que é o nosso parceiro em várias ações. Um dos maiores desafios dos empresários é o acesso ao crédito com linhas que lhes dê a possibilidade de expandir os seus negócios. Agora, nós temos esse reforço”, disse.

Acesso ao crédito – Os empreendedores interessados na linha de crédito por meio do FAMPE devem procurar a ACPB. Com relação à operação de crédito por meio do programa GIRO CAIXA FAMPE, quem é MEI poderá contratar a uma taxa de 2,37% ao mês, com um prazo de pagamento de 33 meses; para ME, a taxa será de 1,95% ao mês, com um prazo de pagamento de 42 meses; já para EPP, a taxa será de 1,87% ao mês, com um prazo de pagamento de 48 meses. Empresários associados à ACPB e outros empreendedores interessados também participaram do evento nesta quinta-feira.

Compartilhe: